HIPNOSE ERICKISONIANA

A Hipnose Ericksoniana é uma técnica capaz de acessar a mente consciente e inconsciente de uma pessoa e assim, auxiliar no desenvolvimento de novas habilidades, superação de experiências ruins, além de promover mudanças de pensamento e comportamento (behavior), verdadeiramente transformador.

A Hipnose Ericksoniana, tem esse nome porque foi concebida e desenvolvida pelo psiquiatra Dr. Milton H. Erickson. Foi muito utilizada por ele em processos psicoterápicos, e teve forte influência na criação da Programação Neurolinguística - PNL.

Os processos hipnóticos geralmente se estabelecem por indução de um profissional de saúde que fará sugestões para conseguir mudanças em percepções, pensamentos e crenças sobre determinados assuntos.

Existem várias formas de fazer uma pessoa entrar em um transe hipnótico a partir de técnicas de relaxamento e também variações de frases que farão a pessoa ser transportada até um ambiente agradável para obter esse relaxamento.

Em todos os processos de hipnose, via de regra, é preciso que haja um condutor do procedimento, fazendo-se pensar que é impossível atingir esses estágios mentais sem a ajuda de outra pessoa, o hipnoterapeuta Milton Erickson trouxe uma nova forma de conseguir esse transe, onde existe uma interação completa entre paciente e terapeuta.


​Fundamentos da 

Hipnoterapia Ericksoniana

A principal diferença entre o método de condução à hipnose de Erickson e o clássico reside em trabalhar "junto" com o paciente. Ou seja, parte do princípio que o paciente já possui dentro dele tudo que é necessário para ser curado ou descobrir os processos que estão causando determinado problema. Com os métodos de hipnose clássica é feito quase que uma coação para o paciente assumir que está melhorando e depois curado, quando na realidade ainda não sente-se verdadeiramente dessa forma. Segundo Erickson é preciso informar o inconsciente de forma inconsciente ou a informação que for induzida encontrará resistência e não terá resultados satisfatórios. A hipnose Ericksoniana baseia-se em que o hipnotizador é que tem que seguir a metáfora do paciente, servindo para ela como um guia, pois a capacidade de resolver o problema já está dentro do paciente. A mente dele contém a solução de todas suas dores e recalques, não existe um ponto externo de discórdia. Fazer com que se assuma essa responsabilidade é a primeira parte para começar o processo de cura desse paciente.

A melhor forma de alcançar sucesso em um tratamento hipnótico pelos moldes de Erickson é promover algum tipo de mudança e dar vazão a que ela se espalhe e se firme. Sempre é possível exercer algum tipo de mudança em qualquer processo, pessoal ou profissional. Fazendo essa implantação de algo novo é possível extirpar definitivamente o velho que causa problema e dor. O terapeuta partia do princípio que todo problema tem solução, o que cabe a cada um é achar a melhor forma de resolver os entraves apresentados pela mente humana. Às vezes as pessoas deixam de tentar solucionar as coisas à primeira tentativa frustrada. Segundo Erickson é preciso tentar alguma coisa até funcionar. A frase "toda fechadura tem sua chave" é atribuída a ele. Partindo do princípio que cada pessoa pode curar a si mesma, Erickson proporciona aos terapeutas e, principalmente, às pessoas uma liberdade maior nos processo de hipnose, já que agora o hipnotizador deve trabalhar junto com o paciente, unindo forças para o bem comum, que é o de resolver o que está afligindo a pessoa.


A Hipnose Ericksoniana 
E O 


​1 - Aperfeiçoamento do Poder de Comunicação​

2 - Potencialização das sessões de Coaching nos contextos: empresarial; terapêutico, Espiritual profissional e pessoal.
​3 - Facilita o Rapport e a Ressignificação
​4 - Desenvolvimento de Habilidades de Liderança
​5 - Extração dos aprendizados produzidos no inconsciente
​6 - Novos Insights e Mudanças de Comportamento
​7 -Desenvolvimento Pessoal e Profissional